» Parceria entre MEC e UnB inicia capacitação de servidores e professores dos Institutos Federais


Foi firmado convênio entre o Ministério da Educação e a Universidade de Brasília (UnB) para capacitação de servidores e professores dos nascentes institutos federais de educação, ciência e tecnologia e de outras três instituições da rede federal de educação profissional. Os institutos, cuja lei de criação será sancionada na segunda-feira (29) pelo presidente Lula, surgem da integração entre as escolas técnicas, agrotécnicas e centros federais de educação tecnológica (Cefets), unidos agora sob uma política pedagógica comum.

Pelo projeto de capacitação dos professores e servidores, haverá uma forte preocupação com o registro de patentes. O Brasil ocupa a 15ª colocação entre os países que mais publicam artigos científicos no mundo. O desempenho é superior ao de países como Suécia e Suíça. Entretanto, a produção científica brasileira ainda deixa a desejar no que se refere ao registro de patentes. A maior parte da carga horária do curso de capacitação para os professores será focada no desenvolvimento e registro de patentes. Serão 80 horas das 210 horas/aula do curso.

Ao todo, 1.066 professores e técnicos administrativos receberão a formação de 210 horas/aula. Na primeira etapa do projeto, que vai da segunda quinzena de fevereiro a abril de 2009, o curso será dado a 82 professores e técnicos administrativos. Os profissionais que obtiverem a formação estarão aptos a orientar outros 12 profissionais na etapa seguinte do projeto, atuando como multiplicadores. Assim, o curso será expandido para 984 outros profissionais. Se esse número for somado aos 82 que receberão a formação na primeira etapa, chega-se à capacitação dos 1.066 servidores.

Cada um dos 38 institutos federais indicará quatro servidores para receber a capacitação. A UnB selecionará dois. Outros seis professores virão da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e dos centros federais de educação tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ) e Minas Gerais (Cefet-MG).

“Esperamos que esta iniciativa aumente a pesquisa aplicada na rede federal, gerando massa crítica, produção intelectual, empreendedorismo, patentes e até protótipos”, diz Aléssio Trindade de Barros, coordenador de supervisão da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, lembrando que os servidores podem procurar as direções-gerais dos institutos.

Assessoria de Imprensa da Setec

Fonte: www.mec.gov.br


Postado por: em 2008-12-24 18:46:34











Periódicos
Domínio
SISU
SiapNet
Acesso
Transparência
Portal
Portal

INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MINAS GERAIS - CAMPUS JUIZ DE FORA

Rua Bernardo Mascarenhas, 1283 - Bairro Fábrica - 36080-001 - JUIZ DE FORA - MG
Telefone(s): Fale Conosco