» Projeto Pré-IF pretende gerar transformação social através da educação



FullPage plugin for HTMLArea
O Pré-IF é um projeto de extensão que visa oferecer um curso preparatório voltado para alunos do ensino fundamental que têm um perfil socioeconômico mais vulnerável e desejam ingressar no IF Sudeste Campus Juiz de Fora, mas não possuem condições de arcar com os custos de um cursinho particular. Os coordenadores do projeto, o professor João Paulo de Miranda e os TAEs Isaac Elias e Leandro Talma ministraram, durante a Semana de Educação, Ciência, Tecnologia e Cultura (Secitec), a palestra “Curso Pré-IF: o que é, qual o objetivo e como participar desta proposta de transformação social” com o intuito de divulgar a iniciativa para alunos, funcionários e servidores do Campus e buscar parceiros, já que o projeto tem caráter voluntário. 

Segundo um dos coordenadores, o assistente administrativo Isaac Elias, a proposta já é uma ideia antiga e agora será colocada em prática graças às pessoas interessadas que se propuseram a apoiar, voluntariamente, o projeto. De acordo com ele, o Pré-IF é importante, pois “é uma oportunidade para que estudantes que não têm condições de fazer um cursinho preparatório possam realizar o processo seletivo e competir em igualdade com aqueles que têm. E também será um lugar para incentivá-los a escolher um curso condizente com seu perfil e não aquele com a menor relação candidato/vaga. A nossa missão é que esse aluno entre no IF, participe de tudo que o Campus tem a oferecer e siga a carreira técnica para que isso seja um fator de crescimento em sua vida profissional e pessoal”. 


De acordo com o professor João Paulo de Miranda, a iniciativa vai além de oferecer aulas, ela visa à transformação social através da educação. “O nosso objetivo é ajudar os alunos participantes a enfrentarem o processo seletivo do Instituto. Mas, por trás de tudo isso, há a perspectiva de promover uma transformação social. Ou seja, teremos na turma 35 possibilidades de ascensão social, de tirar da vulnerabilidade e dos riscos sociais adolescentes que, talvez, passem o dia inteiro na rua. Então o nosso principal objetivo é pensar nessa transformação”. 

Para o assistente de alunos, Leandro Talma, “esse envolvimento de várias profissionais como professores, técnicos e alunos em prol de um único objetivo é importante, pois se cada um fizer a sua parte, doar um pouquinho do seu tempo e esforço, conseguiremos transformar o nosso entorno. E, em uma escala maior, gerar uma transformação no país, pois são pequenas propostas como essa que, ao crescer e se propagar, geram a mudança”. 

O curso vai acompanhar o calendário acadêmico do Campus JF, com início previsto para abril deste ano e disponibilizará 35 vagas na primeira turma. Caso a iniciativa dê certo, a ideia é expandir o número de pessoas contempladas. Os interessados em participar como voluntários podem procurar pelos idealizadores: Leandro Talma, no Centro de Atenção ao Discente (CAD), localizado no Bloco D;  Isaac Elias, na Diretoria de Pesquisa, localizada no bloco O; ou o professor de Geografia João Paulo de Miranda. 



Redação e foto: Caroline Marino
Revisão: Paula Faria


Postado por: PAULA em 2016-01-28 21:50:52











Periódicos
Domínio
SISU
SiapNet
Acesso
Transparência
Portal
Portal

INSTITUTO FEDERAL DO SUDESTE DE MINAS GERAIS - CAMPUS JUIZ DE FORA

Rua Bernardo Mascarenhas, 1283 - Bairro Fábrica - 36080-001 - JUIZ DE FORA - MG
Telefone(s): Fale Conosco